Demolição Mecânica

Este processo consiste em desmantelar por compressão, por tracção ou através de embate, a estrutura de um edifício, recorrendo ao auxilio de dispositivos mecânicos (pá, arpão, fragmentador, malho esférico, etc.) montados na extremidade do braço de diversas máquinas de estaleiro, tais como, a pá carregadora de rasto, o tractor de rasto, a escavadora – carregadora, a grua, etc.).

 

Demolição mecânica
Vantagens
Utilização de pouca mão-de-obra;
Rapidez de execução;
Método sempre preferível quando existem materiais resistentes (betão armado);
Polivalência do engenho utilizado, que poderá, eventualmente, servir para despejar o entulho do camião.

Para este processo de demolição deverão ser adoptados as medidas de prevenção que de seguida se apresentam.

 

  • Demolir por este método apenas edifícios cuja altura não ultrapasse os 24,00 m (alcance do braço das máquinas);
  • Proteger a área circundante do edifício por barricadas até uma distância linear mínima, em todos os sentidos, de uma vez e meia a altura da parede do edifício;
  • Executar as operações de demolição de modo a evitar o capotamento dos equipamentos;
  • Utilizar equipamentos dotados de estrutura de protecção em caso de capotagem;
  • Utilizar equipamentos dotados de estrutura de protecção contra a queda de objectos
  • Proibir a demolição de estruturas cuja altura seja superior ao cumprimento do braço da máquina;
  • Na utilização do malho esférico, os cabos respectivos têm de possuir comprimento e dispositivos de travagem adequados, de modo que o malho não possa ir bater em qualquer outra estrutura, como, por exemplo, em cabos de alta tensão;
  • Verificar se existe compatibilidade entre o peso do malho esférico e a capacidade da grua;
  • Usar duas ou mais lingas independentes do cabo para ligar o malho esférico ao gancho da grua;
  • Impedir o acesso ao local de demolição, vedando-o convenientemente.

 

demolicao mecanica